APCA COMEMORA 60 ANOS EM FESTA DE ENTREGA AOS MELHORES DAS ARTES DE 2015



APCA COMEMORA 60 ANOS EM FESTA DE ENTREGA AOS MELHORES DAS ARTES DE 2015
. 10 Duplas de artistas e personalidades se revezarão na apresentação
.     Alex Nero e Tiago Abravanel fazem pocket shows
. Direção da cerimônia é mais uma vez de Ivam Cabral, do grupo teatral Os Satyros e SP Escola de Teatro





Ao completar 60 anos de existência, a APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes) realiza na próxima terça-feira, 15 de março, no Teatro Paulo Autran do Sesc Pinheiros de São Paulo, sua grande festa anual, com a entrega dos troféus aos melhores de 2015 em dez categorias.
Dez duplas de artistas e personalidades se revezarão na apresentação da festa, num espetáculo dirigido por Ivam Cabral, do grupo teatral Os Satyros e da SP Escola de Teatro.
Haverá números musicais de Alexandre Nero, Tiago Abravanel e Renata Peron, além de uma apresentação especial da Cia. Base.
A lista das duplas de apresentadores dos diversos prêmios inclui: Leona Cavalli e Gilberto Dimenstein (Arquitetura); Caco Ciocler e Mônica Iozzi (Artes Visuais); Fabio Penna e Lorena Garrido (Cinema); Lauro César Muniz e Bárbara Bruno (Literatura); Grazi Massafera e Hugo Possolo (Moda); Alexandre Nero e Fernanda D’Umbra (Música); Marcelo Tas e Bel Kowarick (Rádio); Paulo Miklos e Paulinho Vilhena (Teatro); Fauze Hatten e Helena Ignez (Teatro Infantil) e Mel Lisboa e Leonardo Miggiorin (Televisão).
Fazendo uma retrospectiva das seis décadas que se completam em 2016, a APCA é sem dúvida alguma a entidade que mais premiou em todo o território nacional, tendo sempre dado destaque a artistas que desenvolveram obras calcadas na valorização do ser humano na sua extrema complexidade, muitas delas projetadas na fragilidade da existência e nos parâmetros poéticos interpretativos da intimidade comportamental”, afirma José Henrique Fabre Rolim, presidente da APCA.

A entidade concederá este ano o Grande Prêmio APCA escolhido pela diretoria à Fundação Padre Anchieta, uma homenagem pelo serviço da TV Cultura.
Os premiados (mais abaixo, segue a relação) foram escolhidos em assembleia dos críticos realizada no início de  dezembro de 2015 no Sindicato dos Jornalistas do Estado de S. Paulo. Foram contempladas as seguintes categorias: Arquitetura, Artes Visuais, Cinema, Literatura, Moda (estreia), Música Popular, Rádio, Teatro, Teatro Infantil e Televisão.

FICHA TÉCNICA Da festa dO 59º Prêmio da APCA
Direção Artística: Ivam Cabral
Assistente de Direção: Elen Londero e Gustavo Ferreira
Roteiro: Marcio Aquilles e Murilo Bomfim
Discotecagem: Doutor Aeiuton
Sonoplastia: Raul Teixeira e Renato Navarro
Produção: Bruno Galvíncio, Bruno Motta Mello, Dionel Leal, Elen Londero, Gisa Guttervil e Gustavo Ferreira
Design de projeções: Carolina Campos
Técnico de Áudio: Renato Navarro
Técnicas de Luz:  Andreia Teixeira, Natalia Tavares e Rebeca Teixeira

Supervisão de luz: Guilherme Bonfanti e Francisco Turbiani

serviço
15 DE MARÇO DE 2016
19h30 horas
tEATRO pAULO aUTRAN - sESC pINHEIROS
Rua Paes Leme, 195 -  Pinheiros
São Paulo
CEP:  05424-150

.......
ARQUITETURA
Homenagem pelo conjunto da obra: Pedro Paulo de Melo Saraiva

Espaço público: Parques Sabesp, São Paulo – Levisky Arquitetos

Urbanidade: conjunto de projetos sociais em São Paulo elaborados por Boldarini Arquitetos Associados

Obra de arquitetura no exterior: Museu dos Coches, Lisboa – Paulo Mendes da Rocha, MMBB Arquitetos e Bak Gordon Arquitectos

Obra de arquitetura no Brasil: Galeria Cláudia Andujar, Inhotim –  Arquitetos Associados

Patrimônio cultural: recuperação da expografia original do Masp – Heitor Martins (presidente)/ Adriano Pedrosa (curador)

Memória: “Artigas, 100 anos”, conjunto de iniciativas coordenadas por Rosa Artigas

Votaram: Abílio Guerra,Guilherme Wisnik, Fernando Serapião, Maria Isabel Villac, Nadia Somekh, Renato Anelli e Mônica Junqueira de Camargo.

ARTES VISUAIS

Grande Prêmio da Crítica: Marcello Nitsche – Sesc Pompeia
Exposição Internacional: Kandinsky: Tudo Começa Num Ponto - CCBB
Exposição: Sergio Camargo – Luz e Matéria – Itaú Cultural
Retrospectiva: A Gravura de Arthur Luiz Piza – Estação Pinacoteca
Fotografia: Christian Cravo – Luz & Sombra – Museu Afro Brasil
Obra Gráfica: Palavra em Movimento – Arnaldo Antunes - Centro Cultural dos Correios
Iniciativa Cultural: Editora Cosac Naif  
Votaram: Antonio Santoro Jr., Antonio Zago, Dalva Abrantes, João J. Spinelli, José Henrique Fabre Rolim, Luiz Ernesto Machado Kawall e Ricardo Nicola. 

Cinema

Filme: “Que Horas ela Volta?”,de Anna Muylaert
Diretor: Guilherme Fontes, por “Chatô, Rei do Brasil”
Roteiro: Fellipe Barbosa e Karen Sztajnberg por “Casa Grande”
Ator: João Miguel, por “A Hora e a Vez de Augusto Matraga”
Atriz: Regina Casé, por “Que Horas ela Volta?”
Documentário: “Orestes”, de Rodrigo Siqueira
Fotografia: Beto Martins, por “História da Eternidade”
Votaram: Edgard Olímpio de Souza, Luiz Carlos Merten, Orlando Margarido e Walter Cezar Addeo


Literatura
 

Grande Prêmio da Crítica: “Testemunho Transiente”, Juliano Garcia Pessanha (Cosac Naify)

Romance/Novela: “O senhor agora vai mudar de corpo”, Raimundo Carrero (Record)

Ensaio/Teoria e Crítica Literária/Reportagem: “A noite do meu bem – A história e as histórias do samba-canção”, Ruy Castro (Companhia das Letras)

Infantil/Juvenil: “Antes e Depois – Um dia decisivo na vida de grandes brasileiros”, Flávio de Souza (Companhia das Letrinhas)

Poesia: “O livro das semelhanças”, Ana Martins Marques (Companhia das Letras)

Contos/Crônicas: “Jeito de matar lagartas”, Antonio Carlos Viana (Companhia das Letras)
  
Tradução: Paisagens humanas do meu país”, Nâzim Hikmet – Tradução de Marco Syrayama de Pinto (Editora 34)

Biografia/Autobiografia/Memória: Empate: “Elis Regina – Nada será como antes”, Júlio Maria (Master Books) e “Júlio Mesquita e seu tempo”, Volume I, II, III e IV, Jorge Caldeira (Editora Mameluco)

Votaram: Amilton Pinheiro, Felipe Franco Munhoz, Gabriel Kwak e Ubiratan Brasil

MODA
Coleção: Alexandre Herchcovitch (Inverno 16)
Estilista Do Ano: Vitorino Campos
Revelação em Moda: Luiz Cláudio Silva (Marca Apartamento 03)
Profissional de Beleza: Henrique Martins
Stylist: Daniel Ueda
Fotógrafo: Zee Nunes
Prêmio Especial da Crítica: Paulo Borges
Votaram: Camila Yahn, Erika Palomino, Pedro Diniz, Renata Bonvino e Vivian Whiteman

Música Popular

Grande Prêmio da Crítica: André Midani
Artista do Ano: Emicida
        
Álbum: “A Mulher do Fim do Mundo”, Elza Soares
Show: O Terno & Boogarins (Auditório Ibirapuera)
Revelação: Ava Rocha (pelo álbum “Ava Patrya Yndia Yracema”)
Produção e Direção Artística: Kassin, Marcus Preto e Moreno Veloso por “Estratosférica”, de Gal Costa
Projeto Especial – Festival In-Edit de Documentários Musicais
Votaram: Alexandre Matias, Fabio Siqueira, José Norberto Flesch, Marcelo Costa e Tellé Cardim


Rádio
Prêmio Especial do Juri: Ricardo Boechat – Bandnews
Variedades – Programa Morning Show – Jovem Pan
Musical: Programa Alquimia – Rádio USP
Humor: Programa Do Balaco Baco Dois Ponto Zé – 89 FM
Cultura Geral: Cultura Agora – Rádio Cultura Brasil
Destaque do Ano: Programa Back to Black – Eldorado FM
Colunista – Mônica Bergamo – Bandnews FM
Votaram: Fernanda Teixeira, Silvio di Nardo, Marco Antonio Ribeiro e Fausto Silva Neto.

Teatro

Grande Prêmio da Crítica: Mariangela Alves de Lima
Espetáculo: Aqui Estamos Com Milhares de Cães Vindos do Mar
Diretor: Zé Henrique de Paula (Urinal)
Autor/Dramaturgia: Silvia Gomez (Mantenha Fora do Alcance do Bebê)
Ator: Gustavo Gasparani (Ricardo III)
Atriz: Maria Luísa Mendonça (Um Bonde Chamado Desejo) 
Prêmio Especial: Máquina Tadeusz Kantor – Exposição do multi-artista polonês Tadeusz Kantor
Votaram: Aguinaldo Cristofani Ribeiro da Cunha (votou somente o Prêmio Especial e o Grande Prêmio da Crítica), Carmelinda Guimarães, Evaristo Martins de Azevedo (votou somente o Prêmio Especial e o Grande Prêmio da Crítica), Gabriela Mellão, José Cetra Filho, Kyra Piscitelli, Marcio Aquiles, Maria Eugênia de Menezes, Michel Fernandes Miguel Arcanjo Prado e Vinício Angelici


TEATRO INFANTIL

Espetáculo de Texto Original: JÁ PRA CAMA, da Cia. Barracão Cultural

Espetáculo Adaptado de Conto Clássico:
CINDERELA LÁ LÁ LÁ, da Cia. Le Plat du Jour

Musical: MAS POR QUÊ??! A HISTÓRIA DE ELVIS, de Sevenx Produções e A Coisa Toda Produções

Espetáculo de Palhaçaria: ANTES DO DIA CLAREAR, da Cia. 2Dois

Espetáculo em Espaço Não Convencional: FORTES BATIDAS, da Cia Pequeno Ato

Espetáculo com Uso de Novas Mídias em Cenografia: A PORTA SECRETA, da Terceiro Sinal Produções Artísticas

Melhor Espetáculo de Grupo Estreante: CONTOS DOS CINCO CANTOS, da Cia. Tranquila


Votaram: Dib Carneiro Neto, Gabriela Romeu e Mônica Rodrigues da Costa



                          TELEVISÃO

Grande Prêmio da Crítica: Silvio Santos – pela trajetória na TV Brasileira
Novela: “Verdades Secretas” (Walcyr Carrasco/TV Globo)
Atriz: Grazi Massafera (Verdades Secretas/TV Globo)
Ator: Alexandre Nero (A Regra do Jogo/TV Globo)
Diretor: Mauro Mendonça Filho (Verdades Secretas/TV Globo)
Série/Minisséire/Seriado: Os Experientes (TV Globo/O2)
Programa: Masterchef Brasil (TV Bandeirantes/Endemol Shine)
Apresentadora: Mônica Iozzi (TV Globo)
Menção Honrosa: programa “Mulheres” (pelos 35 anos – TV Gazeta)
Votaram: Bárbara Sacchitiello, Edianez Parente, Fabio Maksymczuk, Flávio Ricco, José Armando Vanucci, Leão Lobo, Neuber Fischer e Nilson Xavier
......................


Postar um comentário

0 Comentários