Um pirata em Chicago


Este "Inimigos Públicos" poderia ser apenas mais um dos manjados longas-metragens de gângsters, na violenta Chicago pós-Depressão, nos idos dos anos 30. Mas eis que surge um Johnny Depp como o Jack Sparrow dos tempos de Al Capone. Sim, porque parece que é o personagem que agora incorpora o ator...
O atual queridinho de Hollywood, que depois de três Piratas do Caribe só filma mesmo por hobby, vive o criminoso John Dillinger, que fez a polícia da época de gato e sepato!
A direção de Michael Mann é precisa, e o filme vale muito mais pela caracterização de época. Christian Baile nem de longe usa seus trejitos de Batman e aparece muito bem como o correto e enigmático homem da lei; e a talentosa e bonita Marion Cotillard (que levou Oscar com "Piaf - Um Hino ao Amor")encarna Billie, a paixão do bandidão encarnado por Depp.
Dillinger, com seus métodos, pode até impressionar, desde que você pense com a cabeça de sua tataravó. Sim, porque hoje em dia, num universo muito mais chulé e de glamour zero, Fernandinho Beira-Mar deixaria toda esta turma encapotada de Dillinger no chinelo (bem, essa é outra história...).
Se você curte o gênero, terá mais de duas horas de muita ação, alguma violência e também romance porque, claro, é preciso satisfazer à legião de fãs do astro. Só não dá pra engolir Dillinger/Depp usando aqueles tão óculos moderninhos em pleno 1933...

Postar um comentário

0 Comentários