The Night of the Gun (ou A noite da Arma)


Imagine se você resolve escrever sua própria biografia e, para tanto, decide entrevistar as pessoas que passaram pela sua vida para relatar a versão delas sobre os fatos que te envolveram... Agora, imagine se pelo menos metade desta sua vida pregressa foi passada em meio a bebidas e drogas... ou seja, você não se lembra dos fatos com a necessária clareza. Pois este é o mote do excelente livro The Night of The Gun, de autoria de um jornalista badalado do The New York Times, David Carr! Ainda não há tradução da obra para o português.
De passado junky, o autor resolve dissecar determinados acontecimentos de sua vida, um tanto embalada por álcool e cocaína. O que torna a narrativa mais interessante é que ele de forma surpreendente conseguia manter uma produtiva vida profissional em meio ao seu vício e loucuras, daí que não se trata apenas de mais um manjado relato do mundo das drogas e tráfico. E com aquele jeito que só os americanos têm, aquela narrativa direta, sem firulas, no melhor estilo do "New Journalism".
Mas o melhor é David Carr confrontar com os amigos as versões que ele guardava do seu passado, e a memória que os outros têm dele. Muitos dos fatos que ele pensava terem acontecido de uma forma, acabam relatados pelos amigos de modo totalmente diverso. O melhor dos fatos é o que dá o título da obra.
Foi numa noite fatídica, quando ele insistia em entrar na casa do melhor amigo atrás de cocaína, que o então amigo teve de expulsá-lo com a ameaça da arma.
Isso era o que ele pensava até entrevistar o próprio amigo sobre aquela noite. E aí ele descobre que era ele quem estava armado!!!!!
Vale a leitura!

Postar um comentário

1 Comentários

Patty Diphusa disse…
Nossa, fiquei interessadíssima nesse livro. ótima dica.

vou te mandar as fotos.

bjs